Fique por dentro das novidades!!! Inscreva-se no nosso feed...

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

A provincia oculta dos clãs...


O Início da Aldeia dos Clãs remonta da época da colonização das Terras de Cerudean, no início dos tempos atuais depois das vertiginosas guerras e confrontos de povos que tiveram seu ciclo no País. Os povos mais Antigos desde a colonização são os Altos-Elfos, que sempre viveram na Floresta de Cirestrema, fundando suas raízes ocupando o antigo Reino de Ar-Sirên-el, que estava praticamente desabitada desde a queda dos Teras.

Os Altos-Elfos que possuem suas comunidades espalhadas se uniram e fundaram o Reino de Siren, nas ruínas da cidade antiga. Então o Reino élfico de Siren é composto pela Floresta de Cirestrema, uma floresta antiga e a maior das terras de cerudean, ocupando quase 50% do território, com um Reino tão grande, os Elfos tiveram que criar núcleos para protege-lo, protegendo a floresta, já que esta também era sagrado, pois fora o primeiro lugar os Teras andaram em Terras Planas, a maior Fortaleza criada nas divisas é a Cidade Fortaleza de River-Rûn, em um entroncamento entre o Rio Daern ao Sul e o braço principal do Rio River que nasce nas Colinas de Siren, um local de terras férteis, e o principal acesso aberto até a Floresta, via fluvial.

No entanto, os Altos-Elfos precisavam antecipar seus passos, e apesar da Fortaleza suportar grandes ataques a necessidade de se precaver rapidamente de hordas, e de uma dinâmica resposta bélica em caso de invasões agrupadas, seria necessário manter grupos de batedores em um ponto estratégico, que pudessem rapidamente se deslocar até River-Rûn, então foi criado um núcleo populacional, a Oeste de River-Rûn, com as famílias dos melhores batedores "nativos", que conheciam bem a região e possuiam características específicas, assim se formou o povoado dos batedores élficos que tinham como objetivo proteger a entrada da Floresta de Siren. A Vila dos Clãs.

Neste propósito vários líderes nativos se propuseram a jurar sua lealdade, se as terras pudessem ser cultivadas e se ali pudessem estabelecer suas famílias, e em troca tivessem também a proteção dos Elfos, o Rei Isariel concordou com os termos, e juntou recursos fundando a Vila dos Clãs, lá vários clãs nativos se organizavam e mantinham a vigília da região, os clãs pioneiros foram: Tendys, Yorus, Gin, Zigaus, WhiteBears, Shoên, Galandris, Kawatsugis, Halden e Vendraels, Clãs de mestiços, elfos e nativos humanos, estes viviam em Siren como famílias de baixo escalão, nas regiões terrestres, eram bons batedores e viviam como guardas terrestres de Siren, ao escolherem fundar o núcleo de proteção passaram a ter suas próprias terras. E Assim por gerações a Vila secreta do Clã se organizou, a mais famosa das lideranças nos tempos dos Altos-Elfos era Fendral Galandris, seu clã manipulava a arte de se esconderem nas sombras com muita maestria, porém com o começo das Guerras Hórdicas em eminência o clima se tornara dificil, por gerações a Vila dos Clãs protegia o Cerco de River-Rûn, até que a Guerra estourou quando um Líder Troll, chamado Bruenlix reuniu um exército forte o suficiente para invadir River-Rûn e tomar as riquezas da cidade élfica, Bruenlix ficaria famoso entre os Trolls, chegou a ser Clamado como o "Rei das Feras além das Florestas",

Numa noite, a Horda Troll invadiu a região de River-Rûn, mas, não atacou a fortaleza, atacou o Vilarejo, fazendo os líderes dos clãs reféns, capturando suas famílias. Fendral pediu ajuda aos Senhores de River, mas eles negaram ajuda, dizendo que se suas tropas saíssem de River-Rûn, perderiam a Guerra. Então os Líderes dos clãs tramaram salvar suas famílias invadindo os exércitos de Bruenlix, com um Ardil, enganando o Troll dizendo que os Elfos atacariam suas forças, Bruenlix invadiu River-Rûn com metade de suas tropas, que foram dizimadas pela defesa élfica, enquanto isso os líderes dos clãs libertavam suas famílias, e formaram uma pequena aliança com Thargon um proeminente Líder Humano do Sul, que tinha tropas de cavalos próximas a região dos Vales, precisando de espólios e recursos Thargon invadiu o acampamento do Rei Troll e dispersou o restante de suas forças, Bruenlix foi morto na volta por Haggard Tendy, o patriarca do Clã Tendy, graças a sua manipulação do elemento fogo. Assim, os Clãs re-fundamentaram sua Vila, rompendo o acordo com River-Rûn, declarando sua liberdade, como Thargon havia os ajudado, futuramente, o Rei do Sul anexaria a região a Oeste do Daern em suas Terras, e a Vila dos Clãs se tornou fiel ao Reino Notureano do Sul, que provia a vila com recursos e não cobrava impostos, pois era um estratégico ponto armado para batedores, em troca da fidelidade dos Clãs, Thargon, Manteria suas terras, e assim, a Vila se tornou fiel ao Reino Sulista. Até que Thargon Caiu.... Isara a Rainha Guerreira prometeu manter a palavra de Thargon, mas envolveu a aldeia nos clãs em suas disputas por terras, como não tinham poderio bélico se mantiveram em favor da paz, mesmo depois de quase a sua erradicação após a guerra dos feudos e a reviravolta da Rainha, que mataria seus principais líderes... 

(A Guerra dos Feudos - Guerra Sulista entre O Reino Élfico Cerudeano e uma liderança do Submundo que se intitulava Lorde Constructo).

Nenhum comentário:

Postar um comentário